sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

O problema são os escritores



Através do blog do Mário Bortoloto, cheguei ao piloto do programa “Saideira”, mais uma sacada legal do escritor pernambucano Marcelino Freire. Nele, Xico Sá é o mediador de um papo aberto sobre literatura. O programa, totalmente gravado na Mercearia São Pedro, em São Paulo, infelizmente não passou de um piloto – falar de literatura na TV é coisa de país desenvolvido. No primeiro bloco, o papo traz Reinaldo Moraes, Bortoloto e Sérgio Sant’Anna falando sobre a obra de Leminski.

No segundo, eles recebem a escritora Ivana Arruda Leite e o cantor Júnior Barreto (totalmente deslocado). Uma bela hora, a roda vida se vira para Sérgio Sant’Anna, que segue um dos diálogos mais loucos que pesquei no programa:


Xico Sá: Onde diabos estão os leitores?

Sérgio Sant’Anna: Ah, eu tendo uns quatro mil, pra mim ta bom.

Xico Sá: E porque que não cresce essa porra?

Sérgio Sant’Anna: Acho que está se escrevendo demais. Tem livros demais. Você chega numa livraria e ta todo mundo escrevendo.

Xico Sá: Mas você não acha isso saudável?

Sérgio: Não, não acho isso saudável... Acho saudável ler.



Saquem aí os três blocos do programa:


Bloco 1:




Bloco 2:




Bloco 3:


Um comentário:

Vanessa disse...

Do caralho!! Cheguei a ir no Mercearia quando morava em Sampa, fui com o Fabrício, olhava algumas figuras de longe e achava graça de estar tão perto daquelas cabecinhas. Pena que o programa não saiu, seria genial! Beijo